Connect with us

Noticias

24 reeducandos atuarão como agentes promotores de saúde na CPP Palmas

Published

on

Um grupo formado por 24 reeducandos da Casa de Prisão Provisória (CPP) de Palmas (TO), ligada à Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju),vai receber capacitações específicas para atuar como elo entre a comunidade carcerária e a equipe de saúde. Identificados como agentes promotores de saúde, eles conduzirão ações compatíveis com as de agentes comunitários municipais de saúde, mas dentro da CPP, atuando na promoção e prevenção, mapeando e encaminhando outros reeducandos que necessitem de atendimento na unidade prisional.

O objetivo, explica Ronan Fernando de Andrade, médico da Embrasil Serviços, empresa responsável pela cogestão da unidade prisional, é adequar a CPP à política nacional de assistência da saúde de pessoas privadas de liberdade e atingir a integralidade na assistência de saúde. “Eles não farão diagnóstico. Vão conversar, tranquilizar o doente, falar sobre o uso correto de medicamentos, nos ajudar a mapear as doenças existentes… Fazer uma pré-triagem que vai nos ajudar a definir, inclusive, a urgência dos atendimentos, tornando contínuo o fluxo de atendimentos”, explica Andrade, o responsável pela saúde na CPP.

Uma das tarefas principais dos agentes promotores de saúde será a de orientaro preenchimento do Bimbau, um formulário breve e objetivo cuja finalidade é facilitar a comunicação entre reeducando e equipe médica. “Geralmente eles contam a vida no papel e, só no final, falam que estão com dor de cabeça”, contextualiza Andrade. Segundo ele, com a orientação do agente promotor espera-se otimizar esse processo.

Em alguns casos, os promotores de saúdefarão também pesquisas dentro dos pavilhões, por meio de um questionário impresso, pelas quais ajudarão a rastrearna comunidade carcerária portadores de patologias como tuberculose, hanseníase, doenças de pele eDoenças Sexualmente Transmissíveis (DST’s). “Muitas vezes, é até mais fácil, porque o doente se sente mais à vontade de conversar com os parceiros de pavilhão”, lembra o médico. Caberá aos agentes, ainda, acompanhar reeducandos em tratamentos de longa duração, como os de tuberculose, AIDS e diabetes.

Cada agente promotor de saúde terá uma quantidade específica de celas para atender, de forma a atuarem integralmente na unidade prisional.Conforme esclarece Ronan Andrade, os 24 participantes foram escolhidos após um teste teórico que avaliou noções básicas de saúde de cada um. Vale lembrar que o projeto prevê, ainda, uma contrapartida aos agentes de promotores de saúde: a remição de pena. A cada três dias trabalhados, um da sentença é perdoado.

Ações inéditas no Tocantins

Os novos promotores de saúde receberão uma série de capacitações promovidas pela equipe médica, enfermagem e outros profissionais da área da saúde. O aprendizado dos agentes será contínuo, sempre separado por módulos. O primeiro deles, realizado neste mês, foi sobre Promoção da Saúde e abordou questões como o que é saúde, quais as noções básicas de saúde, como cada indivíduo pode promovê-la e quais as obrigações de cada um. “As temáticas vão evoluindo conforme o crescimento profissional do grupo”, garante Andrade. 

Esse projeto de capacitação integra um conjunto de ações da Embrasil para garantir a saúde e o bem-estar da população carcerária. E pensando em tratar não apenas os sintomas, mas também as causas das enfermidades, foi realizada na terça-feira (24) uma desinfecção total da unidade prisional com produtos comumente utilizados na eliminação de agentes patógenos em hospitais e centros cirúrgicos. A limpeza do presídio incluiu coleta de culturas bacterianas e fúngicas dos pavilhões para identificar quais micro-organismos estão presentes na unidade prisional.

 346 total views,  10 views today

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Noticias

Lagoa da Confusão recebe Núcleo de Identificação que facilitará emissão da carteira de identidade

Published

on

Atendendo a um requerimento do presidente da Câmara Municipal de  Lagoa da Confusão,  vereador Luiz Edvaldo Coelho dos Santos – o Di (PTB), aprovado por unanimidade,   o novo Núcleo de Identificação foi entregue nesta sexta-feira, 9, no município. A entrega do núcleo foi realizada pela Secretaria da Segurança Pública (SSP-TO), por meio do Instituto de Identificação, vinculado à Superintendência da Polícia Científica e contou  coma participação do presidente da Câmara Municipal de Lagoa da Confusão, vereador Luiz Edvaldo Coelho dos Santos, do Prefeito Thiago Carlos, bem como, do vice-prefeito, Salustiano Barros, e demais autoridades.

O Vereador Luiz Edvaldo explicou que o objetivo dessa iniciativa é facilitar o acesso do cidadão ao documento de Carteira de Identidade. O núcleo vai funcionar no Centro de Referência da Assistência Social do município (CRAS) do município, localizado na Avenida Antônio Alves Duarte, S/N Qd.4 Lt. 11 e 12, Setor Central e o telefone para contato é o 63 3364 -1110.

O Núcleo de Identificação de Lagoa da Confusão foi implantado após assinatura de um Termo de Cooperação, celebrado entre a SSP-TO e a Prefeitura Municipal da cidade. A entrega do novo serviço à população aconteceu nesta sexta-feira de forma simbólica, em virtude do momento de pandemia que o mundo está passando.

Agendamentos
Em razão da pandemia da Covid-19 e em atendimento às determinações do Decreto Estadual nº 6.234, que trata do trabalho remoto, a Secretaria da Segurança Pública, por meio da Superintendência da Polícia Científica, informa que o atendimento no Instituto de Identificação e seus Núcleos está sendo realizado de forma parcial. O serviço de atendimento, incluindo o do novo Núcleo de Lagoa da Confusão, retorna a partir do dia 15 de abril conforme ordem cronológica de agendamentos realizados anteriormente na Plataforma de Atendimento de Perícia e Identificação (PAPI).

Para a diretora de Papiloscopia do Instituto de Identificação, Naídes César Silva, a unidade é de extrema importância e a partir desse momento, a população de Lagoa da Confusão terá mais conforto, já que não precisará se deslocar para outros municípios para ter acesso ao documento de identidade e ainda poderá emitir também o Atestado de Antecedentes Criminais.

 1,042 total views,  479 views today

Continue lendo

Noticias

CEM Florêncio Ayres lança projeto “No dia da vacinação estenda a mão”

Published

on

A equipe do Colégio Estadual, CEM Professor Florêncio Ayres de Porto Nacional,lança o projeto,“No dia da vacinação estenda a mão”– que consiste na arrecadação de alimentos não-perecíveis e higiene, para distribuição às famílias carentes do Município que estão passando por privações alimentares, devido aos efeitos da pandemia. Levar um quilo de alimento é o que se pede, no dia da vacinação contra Covid-19 ou deixar sua doação nos postos de arrecadação que funcionarão no local de vacinação.

 

Insegurança alimentar

“Atualmente,grandepartedapopulaçãoadulta e produtiva de Porto Nacional,estádesempregadaousubempregada. O aumento dos preços dos alimentos criou uma insegurança alimentar grande e precisamos ajudar a essas pessoas” – destaca, Elieson Silva Santos, diretor do CEM Florêncio Ayres.

Parceiros

São parceiros do projeto humanitário, a Secretaria Municipal de Saúde; Secretaria Municipal de Assistência Social; Comsaúde e a Universidade Federal do Tocantins (UFT), campus Porto Nacional..

Distribuição

De acordo com a coordenadora Pedagógica do CEM Florêncio Ayres, Tânia Lopes, ao final do expediente de vacinação, os alimentos arrecadados serão transformados em cestas básicas e distribuídas logo em seguida para as famílias. “Precisamos agilizar a entrega dessas cestas para mitigar a fome de muitos dos nossos semelhantes, que são nossos irmãos, e precisam do auxílio de cada um de nós, por isso, pedimos a todos que contribuam com sua doação” –pede a coordenadora.

 

Maiores Informações – Professora Tânia Lopes – Coordenadora Pedagógica CEM FLORÊNCIO AYRES DE PORTO NACIONAL 63 98452-7001

 1,183 total views,  559 views today

Continue lendo

Brasil

Mestre Nona e Banda Sol com Nona cantam músicas premiadas em festivais, neste domingo, live do Circuito Cultural de Porto Nacional

Published

on

O Circuito Cultural de Porto Nacional apresenta a live-show: Mestre Nona e Banda Sol com Nona, neste 11 de abril, 8 horas da manhã, pelo canal do Youtube da Prefeitura de Porto Nacional.

Apoio

O evento online é uma iniciativa da Secretaria Municipal da Comunicação, Cultura e Turismo e faz parte das medidas de apoio à classe artística, tão impactada pelos efeitos da pandemia do Covid-19, informa Fábio Barbosa, diretor de Cultura, de Porto Nacional.

O show

Serão 45 minutos de show, apresentando só as canções premiadas nos festivais de música, promovidos no Tocantins, desde os anos 90. “ Nosso repertório está de primeira e tem canções como: Casa Pequena, Para chamar de meu, Cacimba d’água, entre outras” – detalha Mestre Nona.

Banda

Com Mestre Nona no vocal e percussão, a Banda Sol com Nona trás os seguintes músicos: Gonzaga, na sanfona; Bonfinzinho, no triangulo; Antônio Filho, na bateria; Horácio, no contrabaixo; Hugo Magno, no Saxofone; Henrique Romano, na guitarra.

Mestre Nona

Raimundo Nonato Lopes da Silva – MESTRE NONA, cantor, compositor, percursionista, artista que Canta Porto e o Tocantins, tecendo uma poesia ímpar de amor à nossa história. Professor de precursão, tem nas veias, o dom da arte e assim, venceu a maior parte dos festivais de música que disputou.

Ficha Técnica

Live – Show: Mestre Nona e Banda Sol com Nona

11 de abril

8 horas da manhã

Canal do Youtube da Prefeitura de Porto Nacional.

 2,236 total views,  626 views today

Continue lendo

Publicidade

Desenvolvimento de Sites! +Bônus!

2

Facebook

Advertisement

Categorias

Trending