Connect with us

Politica

Com presença expressiva da comunidade, Djalma Araújo lança pré-candidatura a deputado estadual em Porto Nacional

Published

on

O setor Alto da Colina, em Porto Nacional, onde a família do vereador Djalma Araujo reside há mais de 30 anos, foi o local escolhido pelo parlamentar para lançar sua pré-candidatura a deputado estadual pelo PV. O evento aconteceu na noite desta quarta-feira (18), e reuniu centenas de pessoas da comunidade.

Também participaram da cerimônia, os pré-candidatos do PV ao senado, arquiteto Walfredo Antunes e a deputado federal, Antônio Bandeira. Eles representaram a presidente do partido Cláudia Lelis e o ex-deputado Marcelo Lelis. O pré-candidato a deputado federal pelo Rede Lidevino Filho, o deputado federal Vicentinho Júnior (PR) e o pré-candidato a deputado estadual pelo PSDC José Carlos, também prestigiaram o evento.

Na ocasião, Osmano Ribeiro, morador do setor Imperial, ressaltou que Djalma é uma pessoa qualificada para representar a comunidade na Assembleia Legislativa do estado. “É um nome que a gente pode levar, por que já mostrou que tem compromisso conosco”, explicou.

Já Lidevino Filho qualificou o vereador como “um homem de coragem, que Porto Nacional já tem e que o estado precisa”. Em seu pronunciamento, o arquiteto Walfredo Antunes disse que “a política é uma maneira de fazer o bem as pessoas, por aqueles que foram eleitos para representa-las. E ter um pré-candidato como Djalma engrandece o partido”.

Em seu pronunciamento, o vereador agradeceu o apoio recebido da comunidade à sua pré-candidatura a deputado estadual. Djalma Araujo reiterou que aceitou esse desafio em resposta a todas pessoas que acreditam que na política tem que haver apreço e respeito pelo povo.

“Minha proposta é poder fazer mais pelas pessoas. É ouvir e continuar intensificando meu trabalho em defesa dos direitos da população”, destacou o vereador.

 

Fonte: Auro Giuliano Braga

 559 total views,  14 views today

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Politica

Recomeço: Pastelaria cria vaquinha solidária após furto de equipamentos em trailer

Published

on

Em meio as dificuldades enfrentadas pelos empreendedores diante do agravamento da Pandemia do novo coronavírus em Porto Nacional, muitos autônomos tem buscado criar novas alternativas de vendas devido a diminuição de fluxo de clientes.
Em meio a tudo isso, a empreendedora portuense Maria José Facundes , proprietária de uma pastelaria na praça do avião no setor vila nova, faz um apelo a comunidade, após seu estabelecimento ter sido furtado em duas ocasiões e da última vez foram levado todos os itens.
” Levaram tudo, fogão,geladeira,máquina de fazer suco e tudo que nós conquistamos com o nosso suor. Nós trabalhamos de segunda a segunda das 17 as 22h, e temos sentido muito a falta do nosso cliente devido a Covid-19, e por último furtaram nossos equipamentos o que dificultou ainda mais já que tive que pegar tudo emprestado para não parar o negócio.”

Vaquinha solidária

Diante da situação vivida e buscando retornar o seu negócio com ajuda da comunidade, dona Maria resolveu criar uma vaquinha solidária e tentar arrecadar uma quantia que posso dar melhores de prosseguir sua pastelaria.

A Pastelaria Self Service fica localizada no setor Vila Nova, na praça do avião,no local é vendido pastel de vários sabores e feitos na hora e o tradicional cachorro quente.
As pessoas que tiverem interesse em contribuir com a vaquinha pode acessar o site: da Pandemia do novo coronavírus em Porto Nacional, muitos autonômos tem buscado criar novas alternativas de vendas devido a diminuição de fluxo de clientes.

Em meio a tudo isso, a empreendedora portuense Maria José , proprietária de uma pastelaria na praça do avião no setor vila nova, faz um apelo a comunidade, após seu estabelecimento ter sido furtado em duas ocasiões e da última vez foram levado todos os itens.

” Levaram tudo, fogão,geladeira,máquina de fazer suco e tudo que nós conquistamos com o nosso suor. Nós trabalhamos de segunda a segunda das 17 as 22h, e temos sentido muito a falta do nosso cliente devido a Covid-19, e por último furtaram nossos equipamentos o que dificultou ainda mais já que tive que pegar tudo emprestado para não parar o negócio.”

Vaquinha solidária

Diante da situação vivida e buscando retornar o seu negócio com ajuda da comunidade, dona Maria resolveu criar uma vaquinha solidária e tentar arrecadar uma quantia que posso dar melhores de prosseguir sua pastelaria.

A Pastelaria Self Service fica localizada no setor Vila Nova, na praça do avião,no local é vendido pastel de vários sabores e feitos na hora e o tradicional cachorro quente.

As pessoas que tiverem interesse em contribuir com a vaquinha pode acessar o site: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/vaquinha-solidaria-pastelaria-sel-service-porto-nacional ou entrar em contato pelo telefone e whatsapp: 63-98436-9691

Por: Willian da Luz

 1,105 total views,  5 views today

Continue lendo

Politica

Deputados do Tocantins aprovam equipes de segurança para ex-governadores

Published

on

Os deputados estaduais do Tocantins aproveitaram a última sessão ordinária de 2020 para limpar a pauta da Assembleia Legislativa e votar diversos projetos de lei que estavam na fila. Entre as matérias aprovadas na noite desta quarta-feira (16), está um projeto de lei que concede a ex-governadores do Tocantins equipes de segurança pessoal.

A lei foi proposta pelo atual governador, Mauro Carlesse (DEM). Pelo texto, cada um dos ex-governadores do estado poderá escolher quatro militares estaduais para a própria segurança. Os custos com os salários destas equipes serão pagos pelo Governo do Tocantins e os escolhidos serão designados pelo Secretário-Chefe da Casa Militar que estiver em exercício.

As equipes farão a segurança do político por oito anos para cada mandato que ele tiver cumprido a frente do Poder Executivo.

Nem todos os antigos ocupantes do Palácio Araguaia terão direito ao benefício. O texto aprovado determina que apenas governadores que tenham ocupado o cargo por mais de dois anos podem ser contemplados.

Por este critério, estão aptos a receber as equipes de segurança Marcelo Miranda (MDB), Siqueira Campos (DEM) e Moisés Avelino (MDB).

Os ex-governadores Raimundo Boi, Carlos Gaguim (Podemos) e Sandoval Cardoso não poderão receber o benefício porque nenhum deles permaneceu no cargo por mais de dois anos, uma vez que ocuparam o Palácio Araguaia de forma interina ou em mandatos tampão. O benefício também não se aplica aos ex-vice-governadores ou a chefes de outros poderes que tenham assumido temporariamente o executivo por qualquer razão.

Na mensagem enviada por Mauro Carlesse quando a lei foi proposta, ele justifica que o projeto “visa assegurar que ex-governadores, em virtude do cumprimento da missão de responder pela chefia do Poder Executivo, tenham resguardada sua incolumidade física”. O texto lembra ainda que há um programa semelhante de garantia da segurança de ex-presidentes da República.

Para entrar em vigor, a nova lei precisa ainda ser sancionada pelo governador.

Fonte / G1 Tocantins

 645 total views,  5 views today

Continue lendo

Noticias

MDB de Porto Nacional poderá ter chapa cassada e perder dois vereadores eleitos, casos confirme candidatura-laranja

Published

on

MDB de Porto Nacional poderá sofrer uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral – AIJE, caso algum partido ou suplente apresente denúncia sobre as declarações feita em cartório por Dona Terezinha.

“Não fui convocada para participar de convenção partidária e não assinei nenhuma Ata. Não fui consultada sobre a inclusão do meu nome como Terezona. Declaro também que não fiz nenhuma manifestação e pedido de voto […] Não fiz propaganda gratuita de rádio ou qualquer outro meio de comunicação, como redes sociais. Não recebi nenhum material impresso, recursos financeiros e nem mesmo abri conta bancária para fins de campanha eleitoral”, declarou a suposta candidata-laranja.

Conforme a declaração (leia aqui a íntegra) com assinatura reconhecida pela aposentada Terezinha de Jesus, sem nenhum voto, ela foi pegada de surpresa ao saber que o seu nome estaria concorrendo uma das vagas da Câmara de Vereadores de Porto Nacional.

Ao todo, 19 candidatos a vereador do MDB, entre eles 06 mulheres, disputaram as 15 vagas que o Poder Legislativo municipal de Porto Nacional ofertará a partir de 2021 e juntos conseguiram 3.476 votos, o suficiente para eleger Geylson Neres com 641 votos  e Jefferson Lopes com 579 votos, deixando ainda na primeira suplência o Professor Sebastião com 543 votos. A soma dos votos das 06 mulheres candidatas do MDB foi de apenas 186 votos.

“Se algum partido interessado em Porto Nacional ou candidato que não foi eleito e for suplente é só entrar com uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral – AIJE e será possível que casse os mandatos de todos os candidatos do MDB porque se cair uma, cai a chapa inteira, não só pela proporcionalidade de homens e mulheres, mas pelas fraudes que houveram na candidatura do MDB. Isso é seríssimo!”, explicou advogado especialista em direito eleitoral consultado pelo Portal Atitude.

A reportagem tentou contato com o prefeito de Porto Nacional, Joaquim Maia (MDB) para comentar sobre o assunto, porém não teve resposta, mas reserva espaço para qualquer manifestação do partido.

 

por Wesley Silas / Portal Atitude.

 2,372 total views,  5 views today

Continue lendo

Publicidade

Desenvolvimento de Sites! +Bônus!

2

Facebook

Advertisement

Categorias

Trending