Connect with us

Noticias

Em Porto Nacional Após desistir de casamento, noivo terá que indenizar ex

Published

on

Após  desistir  do casamento, 15 dias antes da cerimônia, um cidadão é condenado a indenizar a ex-noiva em R$ 4,8 mil por danos materiais e morais. A decisão foi proferida nessa quarta-feira (27), pelo  juiz Adhemar Chúfalo Filho, da Comarca de Porto Nacional,

Segundo Conta nos autos que, após 10 anos de namoro, o casal decidiu se casar e, faltando apenas 15 dias para o enlace, o noivo desistiu do casamento, deixando para a noiva prejuízos financeiros com ornamentação, gráfica, cartório e outras despesas realizadas com “chá de panela”. Além disso, também foi apontado o desgaste emocional causado à autora da ação pela expectativa frustrada e o dever de cancelar os contratos da festa e notificar familiares, amigos e padrinhos que já haviam recebido o convite.  Ao ser intimado, o noivo não compareceu à audiência, restando comprovados como verdadeiros os fatos alegados pela autora.

Para o magistrado, os danos materiais foram comprovados pela requerente e, em relação aos danos extrapatrimoniais, “não há como afastar-lhe do direito de indenização almejada haja vista que a reclamante passou por contratempos, dissabores, dificuldades, humilhação perante a sociedade e parentes pelo abrupto rompimento injustificado às vésperas do casamento”.

Ainda conforme o juiz, “a mulher agravada em sua honra, pela promessa de casamento, tem direito a reparação do dano sofrido, visto que os danos morais são inferidos pela circunstância do caso concreto, apresentado, estando eles apresentados na dor, vergonha, o incômodo e transtorno suportado perante seus familiares, amigos; entendendo-se, assim, que houve conduta inadequada pela reclamada”.

O réu foi condenado a pagar à autora da ação R$ 1.894,21 por danos materiais e R$ 3.000,00 por danos morais.

 

Fonte: Sou Mais Noticias

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Noticias

PM prende suspeitos de receptação, apreende arma de fogo e localiza combustível em matagal na capital

Published

on

Na segunda-feira, 15, por volta das 18h, a Polícia Militar (PM) prendeu na região sul de Palmas, dois indivíduos acusados de receptação e posse irregular de arma de fogo. Com a dupla os policiais apreenderam uma motocicleta com registro de furto/roubo. Já na residência de um dos suspeitos os policiais encontraram uma arma de fogo, tipo espingarda.

Depois de ser acionada via telefone 190, uma equipe da Força Tática do 1° Batalhão da PM se deslocou para averiguar uma denúncia de que indivíduos, em atitude suspeita, conduziam uma motocicleta na Quadra 812 Sul.

Durante patrulhamento, a equipe localizou os suspeitos conduzindo o veículo. Após avistarem a viatura eles tentaram fugir, sendo interceptados e submetidos à abordagem. Os militares então constataram que a motocicleta tinha restrição de furto/roubo.

Durante a ação, um dos indivíduos acabou confessando a posse de uma arma tipo espingarda, escondida em sua residência, onde o armamento foi apreendido. Os suspeitos e todo material encontrado foram conduzidos à Delegacia de Polícia para a realização dos procedimentos previstos em lei.

Combustível localizado em matagal

Já na manha desta terça-feira, 16, por volta das 7h, também em Palmas, uma equipe da Patrulha Escolar Comunitária do 1° BPM, durante patrulhamento pela Avenida NS 01, na altura da Quadra 903 Sul, avistou uma moita de capim com um saco de lixo amarrado, indicando possível demarcação.

Os policiais então adentraram cerca de 30 metros pelo matagal e localizaram três galões de 40 litros, cheios de combustível, de cor amarelada e cheiro similar à gasolina. O material foi encaminhado à Delegacia onde foi realizada a lavratura do boletim de ocorrência e a apreensão do combustível.

Fonte: PM-TO

Continue lendo

Noticias

Corpo não reclamado permanece no Instituto Médico Legal de Palmas

Published

on

A Polícia Científica do Tocantins informa à população em geral sobre a existência de corpo nas dependências do Instituto Médico Legal (IML) de Palmas, pertencente a Márcio Batista dos Santos, de 37 anos, que ainda não foi reclamando por parentes ou amigos.

 

De acordo com a Gerência do IML, o corpo de Marcio, que foi morto por espancamento, deu entrada no órgão no dia 7 de outubro de 2018, após ter sido localizado na Avenida NS B 2, próximo a um supermercado de Palmas.

 

Marcio tem compleição física mediana, mede 1,70cm de altura, é da cor negra, tem cabelos castanhos encaracolados, é natural de Varzea da Palma-MG, filho de Etelvina Batista dos Santos e Leonardo Cardoso dos Santos e, no momento em que deu entrada no IML, trajava calça bege, camisa vermelha, cueca preta, além disso, portava carteira de bolso, contendo documentos pessoais.

 

Quem tiver qualquer informação que possa ajudar a localizar parentes de Márcio, pode entrar em contado com IML, de Palmas, através do Telefone (63) 3218 – 6840, ou então pode ir diretamente até a sede do Instituto, que fica localizado na quadra 304 Sul, Avenida NS 04, Plano Diretor Sul, Palmas – TO.

Fonte: SSP-TO

Continue lendo

Noticias

Polícia Civil autua dois suspeitos por tráfico de drogas em Porto Nacional

Published

on

Na noite do último sábado (13), policiais civis da Central de Flagrantes de Porto Nacional, comandados pelo Delegado Fabrício Piassi autuaram, em flagrante delito pelos crimes e tráfico de drogas, Wemerson Ferreira Nunes, de 27 anos e Hugo Felipe Custódio de Campos, de 25 anos de idade.

De acordo com o Delegado Fabrício a ocorrência teve início quando policiais militares apresentaram na Central de Flagrantes de Porto Nacional, os dois indivíduos acima mencionados, os quais estavam transitando em uma motocicleta pelo município de Porto Nacional, que era conduzida por Wemerson, quando não obedeceram a ordem de parada dada pelos militares e empreenderam fuga, ocasião em que Hugo dispensou uma sacola contendo porções de cocaína.

Após acompanhamento, a dupla foi alcançada e abordada pelos militares, que encontraram ainda, em poder de Wemerson, quatro porções de maconha, além da quantia de R,00, em notas pequenas.

Apresentados na Central de Flagrantes, os conduzidos autorizaram a realização de buscas em suas residências, tendo então os policiais civis plantonistas, com o auxílio de policiais da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC), de Porto Nacional, diligenciado nas referidas casas e encontrado na residência de Wemerson mais seis porções de maconha, todas embaladas, além de sacolas e pinos para o embalo de drogas.

Ao serem ouvidos pela autoridade policial, Hugo e Wemerson argumentaram que as drogas encontradas eram para consumo próprio, tendo Wemerson, que trabalha como mototaxista, em Porto Nacional e que se utilizava de sua motocicleta quando dos fatos, esclarecido ainda que por vezes realiza corridas para indivíduos que realizam o tráfico de drogas na localidade.

Em razão dos fatos, Wemerson foi autuado em flagrante delito pela prática dos crimes de desobediência, tráfico e associação para o tráfico. Por sua vez, Hugo, que responde a ação penal por tráfico de drogas no Estado de São Paulo, foi autuado em flagrante delito pela prática dos crimes de tráfico e associação para o tráfico.

Após a realização das providências legais cabíveis, ambos os indivíduos foram encaminhados à Casa de Prisão Provisória de Porto Nacional, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

 

Fonte: SSP-TO

Continue lendo

Facebook

Advertisement

Categorias

Publicidade

Publicidade

Trending