1º Seminário de Educação em Prisões está com as inscrições abertas

O “I Seminário de Educação em Prisões”, que acontecerá no dia 22 de maio, no auditório do Palácio Araguaia, na capital, está com as inscrições abertas.  O evento será realizado pela Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), por meio da Gerência de Assistência Educacional e Saúde do Preso e Egresso e visa promover a reflexão, o debate e a avaliação quanto à realidade da educação para pessoas em situação de cárcere.

O seminário tem a proposta de apresentar o panorama de educação em prisões no Tocantins, debater as especificidades que envolvem à docência em regimes de privação de liberdade em diferentes realidades e trocar experiências entre os agentes da Rede de Educação em Prisões.

A gerente de assistência Educacional e Saúde do Preso e Egresso da Seciju, Marluce de Oliveira, falou sobre a importância de realizar o evento. “O objetivo desse seminário é compartilhar vivências e saberes sobre a educação em prisões para que possamos avançar na oferta de educação e atividades complementares aos detentos do Sistema Prisional. Assim garantiremos direitos e poderemos dar condições para abreviar o tempo de permanência dos reeducandos no sistema através a remição de pena pelo estudo”, explicou.

O evento será dividido em dois momentos: das 14h às 18h será voltado aos servidores dos Sistema Penitenciário e Prisional do Tocantins (Sispen-TO) e convidados específicos da Escola de Gestão Penitenciária (Esgespen); já das 19h às 22h, terá como público-alvo servidores, professores, acadêmicos, pesquisadores e todos que tenham interesse pela temática.

Inscrições

O interessado deve fazer sua inscrição no site da Seciju neste link e no dia do evento levar um livro novo ou em bom estado de conservação para doar para a o projeto “Ponto de Leitura nas Prisões”. O seminário dará certificação de 8h pela Escola Superior de Gestão Penitenciária e Prisional do Estado do Tocantins (Esgepen-TO) e contará com programação composta de palestras de profissionais da área da docência, como o PhD em educação da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Damião Rocha, que ministrará o tema “Educando para a diferença”.

A servidora responsável pela política de Educação em Prisões, Renata Keli Marinho, ressalta a importância da doação de livro para continuidade do projeto como forma de inscrição para o seminário.  “A leitura desenvolve o senso crítico e permite novas maneiras de ver e viver a vida. Colabora na ressocialização, tira a ociosidade das pessoas privadas de liberdade, além de desenvolver a inteligência emocional e intelectual no ambiente de confinamento, por isso a doação do livro vai contribuir muito na continuidade destes projeto de remição pela leitura”, ressaltou.

Fonte: Secretaria da Cidadania e Justiça

Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

WhatsApp Image 2021-12-06 at 18.51.44
WhatsApp Image 2021-11-20 at 07.01.56
WhatsApp Image 2021-11-19 at 12.16.21
271167716_1371306459985553_2769517668468713410_n
WhatsApp Image 2021-08-06 at 08.36.06
WhatsApp Image 2021-10-29 at 09.23.51

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?