Acordo de não persecução penal proposto pelo MPTO beneficia corpo de bombeiros em Colinas

O Ministério Público do Estado do Tocantins (MPTO) entregou na manhã desta quinta-feira, 05, ao destacamento do Corpo de Bombeiros de Colinas, máquina e equipamentos de emergência decorrentes de acordo de não persecução penal. Este tipo de acordo vem sendo utilizado como medida alternativa à prisão de infratores, com bons antecedentes, em casos em que não há violência contra a pessoa, e tem beneficiado instituições e cidadãos no Tocantins.

Desta vez, foram entregues um motor de popa, desfibrilador, oxímetro e esfigmomanômetro (aparelho de medir pressão), estimados ao custo de R$ 25 mil. As doações foram repassadas ao Major Danúbio Kelly Bezerra Pereira pelo promotor de Justiça Caleb de Melo Filho. “Com este método, temos conseguido beneficiar a comunidade com frutos das prestações pecuniárias, evitando prisões que poderiam superlotar as cadeias”, explica o promotor de Justiça.

A possibilidade de o Ministério Público propor ao investigado um acordo de não persecução penal está prevista no artigo 18 da Resolução CNMP nº 181/2017, que dispõe sobre instauração e tramitação do procedimento investigatório criminal a cargo do MP. 

Fonte / MPE-TO

Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

WhatsApp Image 2021-12-06 at 18.51.44
WhatsApp Image 2021-11-20 at 07.01.56
WhatsApp Image 2021-11-19 at 12.16.21
271167716_1371306459985553_2769517668468713410_n
WhatsApp Image 2021-08-06 at 08.36.06
WhatsApp Image 2021-10-29 at 09.23.51

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?