Acusados de furtar armas no Fórum de Porto Nacional são condenados

Três acusados de participar do furto de 35 armas no Fórum de Porto Nacional em 2016 foram condenados pela Justiça do Tocantins. Vanderley Martins de Santana, que trabalhava como vigilante e teria pego as armas no local; Marcus Vinícius Gonçalves Santos, que teria recebido os produtos para revender e Márcio Júnior Rodrigues, que seria um dos compradores.

Um quarto homem que também respondia ao processo morreu antes de ir a julgamento e por isso teve as acusações arquivadas.

O Ministério Público Federal afirma que Vanderley se aproveitava do cargo para entrar nos depósitos da 1ª e da 2ª vara criminal da cidade para realizar os furtos. Com a ajuda do homem que morreu, ele teria feito contato com Marcus Vinícius para repassar as armas. Por cada uma, o vigia recebia uma quantia que variava de R$ 800 e R$ 1 mil.

O receptador então teria revendido os produtos no mercado clandestino. Márcio Júnior Rodrigues foi apontado como um dos clientes, que teria pago R$ 1,7 mil por um revólver.

Vanderley Martins de Santana e Marcus Vinícius Gonçalves foram condenados pelos crimes de peculato e associação criminosa, o primeiro a uma pena de 11 anos e oito meses de reclusão e o segundo, a 11 anos e três meses de reclusão.

Já Márcio Rodrigues, acusado de porte ilegal de arma de fogo, foi condenado à pena de dois anos de reclusão. O juiz substituiu a medida pela prestação de serviços comunitários e o pagamento de multas.

Fonte: G1 Tocantins

Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

WhatsApp Image 2021-12-06 at 18.51.44
WhatsApp Image 2021-11-20 at 07.01.56
WhatsApp Image 2021-11-19 at 12.16.21
271167716_1371306459985553_2769517668468713410_n
WhatsApp Image 2021-08-06 at 08.36.06
WhatsApp Image 2021-10-29 at 09.23.51

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?