Eleição Unificada para Conselho Tutelar será realizada por urnas eletrônicas no Tocantins

As 2ª eleições Unificadas para Conselho Tutelar contarão com o auxílio de urnas eletrônicas em todos os municípios do Tocantins. Este foi o propósito do Acordo de Cooperação Técnica e Operacional celebrado entre o Ministério Público Estadual (MPE) e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) na tarde desta quinta-feira, 12. As eleições acontecem no dia 06 de outubro em todo o país.

Esta é a segunda vez que o procedimento eletrônico é utilizado no Tocantins para este fim, porém em 2015, ocasião em que ocorreu a primeira eleição unificada, somente as cinco principais comarcas do Estado foram contempladas com as urnas. Este ano, o procedimento será expandido para os 139 municípios do Tocantins.

O Procurador-Geral de Justiça, José Omar de Almeida Júnior, agradeceu o TRE por ter aceitado o desafio, a provocação do Ministério Público e considerou que esta causa é uma contribuição para o exercício da cidadania. “A aceitação do TRE possibilita que o Tocantins realize um processo eleitoral moderno, rápido, seguro e prestando um serviço de excelência ao cidadão”, disse.

Reconhecendo a extrema importância de assuntos que envolvem a criança e o adolescente, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Marco Villas Boas, garantiu o máximo de empenho da Corte eleitoral. “Este é um ato importante para a comunidade, que vai contar com um sistema de transparência e de segurança, por meio do voto eletrônico. Será mais um trabalho da Justiça Eleitoral, a qual se empenhará com toda estratégia de altíssima qualidade”, assegurou.

O MPE fiscalizará o pleito e prestará suporte técnico aos Conselhos Municipais de Direito das Crianças e dos Adolescentes. “O Ministério Público atua apenas na fiscalização, pois o protagonismo e organização das eleições cabe a cada conselho municipal, conforme expõe o Estatuto da Criança e do Adolescente”, explicou o coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça da Infância, Juventude e Educação, promotor de Justiça Sidney Fiori Júnior que informou também que o prazo de início de lançamento dos editais começou no último dia 05.

Pelo acordo, caberá ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) disponibilizar a lista de eleitores aptos (em situação eleitoral regular) de cada município do Tocantins e a cessão, a título de empréstimo, de urnas e sistema de votação específico aos Conselhos Municipais de Direito da Criança e do Adolescente. Porém, a cessão só será feita aos conselhos que formalizarem o pedido junto ao Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça da Infância, Juventude e Edução (Caopij) do MPE.

Prestigiaram o ato de assinatura do Acordo a Promotora de Justiça Cynthia Assis de Paula, e da parte do TRE, o Diretor-Geral José Machado; a Secretária de Gestão de Pessoas, Cristiane Boechat; o Secretário de Administração e Orçamento Teodomiro Amorim; o Secretário de Tecnologia da Informação, Jader Gonçalves; o Secretário Judiciário e Gestão de Informação substituto, Carlos Ancelmo; a Coordenadora da Corregedoria, Dirce Meire Barros; e o coordenador de Sistemas Eleitorais, Fernando Mendonça. (Denise Soares)

Fonte / MPE-TO

Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

WhatsApp Image 2021-12-06 at 18.51.44
WhatsApp Image 2021-11-20 at 07.01.56
WhatsApp Image 2021-11-19 at 12.16.21
271167716_1371306459985553_2769517668468713410_n
WhatsApp Image 2021-08-06 at 08.36.06
WhatsApp Image 2021-10-29 at 09.23.51

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?