Connect with us

Noticias

Em áudios, vereadores cobram repasse de propina

Published

on

Escutas telefônicas feitas pela Polícia Civil revelaram como funcionava o suposto esquema de corrupção na Câmara de Vereadores de Augustinópolis, norte do Tocantins. Os áudios mostram que a propina foi cobrada até na votação da Lei Orçamentária Anual (LOA) e os vereadores ficavam irritados quando o repasse atrasava. Segundo a polícia, o grupo de vereadores chegava a receber R$ 40 mil por mês e a suspeita é de que houve um desvio de R$ 1,5 milhão em três anos.

Na manhã desta sexta-feira (25), sete vereadores foram presos temporariamente e outros três são considerados foragidos. Ao todo, 10 dos 11 vereadores tinham mandados de prisão temporária. Apenas o presidente da casa não teve ordem de prisão expedida pela Justiça.

Em um dos áudios, gravado no dia 18 de dezembro, o vereador Antônio Feitosa diz que vai cobrar um extra para votar a LOA.

Secretário Paulo: Presidente, nós ainda tem sessão esse ano? [sic]
Antônio Feitosa: Tem três, bicho. Deixa eu te falar: cadê a LOA, cadê a LDO?
Secretário Paulo: Tá aqui. O menino vai entregar hoje […]
Antônio Feitosa: Pode preparar um extra aí, viu?
Secretário Paulo:não, mas sim. Eu vou falar com o Júlio [prefeito] aqui.
Antônio Feitosa: Pode preparar para poder resolver lá.

Os áudios mostram que o codinome usado para a propina era “documento” ou “documento do prefeito”. Em outra gravação, o secretário avisa o prefeito sobre a cobrança feita pelo vereador.

Secretário Paulo: E aí, tem uns documentos pro senhor assinar também pra gente poder… Aí eu quero ver com o senhor como é que vai fechar a conversa com os vereadores. Porque eu tô sentindo, chefe, que nós vamos ter que pagar um extra aqui, viu?
Prefeito Júlio Oliveira: Não, hurum.

Os áudios mostram ainda que a demora no pagamento em dezembro deixou os vereadores impacientes.

Ângela Maria: Tu conversou com o prefeito?
Antônio Feitosa: Moço, eu tô com dois dias ligando pra ele e nem chama o telefone.
Ângela Maria: Rapaz, moço. Hoje é vinte e quatro. Os vereadores tudinho precisando daquilo.
Ângela Maria: pois tu ver com prefeito se tem como ele antecipar pra hoje o nosso?

Em um dos áudios, o presidente da Câmara de Vereadores, Cícero Cruz Moutinho (PR), questiona a vereadora Ângela Maria Silva Araújo de Oliveira (PSDB) sobre o pagamento da propina, que estaria sendo utilizado por outro parlamentar para comprar apoio na votação para mesa diretora.

Ângela Maria: Não, o nosso ainda é o mesmo valor. O meu, né [inaudível]. O meu.
Cícero Moutinho: Não sabe o dos outros? Porque a covardia é grande, né?
Ângela Maria: É porque eu não pergunto, né presidente? Eu não vou lá: Ei fulano, o prefeito te paga quanto? Eu não, não ando atrás disso aí não.

As gravações demonstram ainda que os vereadores recebiam a propina há algum tempo e viam o pagamento como uma obrigação da prefeitura.

Ângela Maria: O prefeito… o Toin passou o documento do prefeito?
Antônio Barbosa: Até agora não. E pra tu?
Ângela Maria: Humhum
Ângela Maria: Mas amanhã cedo eu vou ligar pra ele. Eu quero meu negócio. É obrigação, não é dizer que não é obrigação não. […]

Além de determinar a prisão de dez vereadores, a Justiça determinou também o afastamento dos investigados por 180 dias. Com isso, os suplentes devem ser nomeados imediatamente para ocupar os cargos. Apenas o presidente da Câmara, que não está sendo investigado neste momento, continua no cargo.

Entenda

A Justiça determinou a prisão temporária de dez vereadores de Augustinópolis, na região norte do Tocantins. A Polícia Civil cumpre os mandados na manhã desta sexta-feira (25). Apenas o presidente da Câmara de Vereadores não teve a prisão decretada, mas está sendo levado para depor. Ao todo, a cidade tem 11 vereadores. A operação foi chamada de Perfídia e investiga a cobrança de propina para aprovar projetos enviados pela prefeitura da cidade.

A operação foi chamada de Perfídia e está sendo realizada pela Polícia Civil e Ministério Público. São 14 mandados de busca e apreensão, dez de prisão temporária e três intimações para prestar depoimento. O prefeito da cidade e o presidente da câmara não estão sendo investigados neste momento.

“Durante todo o monitoramento dos vereadores, em nenhum momento foi ouvido falar em benefícios que seriam para a população de Augustinópolis. Visavam apenas o locupletamento de dinheiro, extorquindo, de certo modo, a prefeitura para pagar valores para que aprovassem projetos oriundos da Prefeitura Municipal de Augustinópolis”, comentou o delegado Thyago Bustorff.

Até às 12h desta sexta-feira (25), apenas os vereadores Wagner Uchôa (MDB), Edivan Neves da Conceição (MDB) e o Antônio Queiroz (PSB) ainda não foram encontrados. Todos os demais mandados foram cumpridos. Os parlamentares vão responder por corrupção passiva e associação criminosa.

Os mandados de prisão são contra os seguintes vereadores:

  • Maria Luisa de Jesus do Nascimento (PP)
  • Antônio Silva Feitosa (PTB)
  • Antônio Barbosa Sousa (SD)
  • Antônio José Queiroz dos Santos (PSB) – Foragido
  • Edvan Neves Conceição (MDB) – Foragido
  • Ozeas Gomes Teixeira (PR)
  • Francinildo Lopes Soares (PSDB)
  • Angela Maria Silva Araújo de Oliveira (PSDB)
  • Marcos Pereira de Alencar (PRB)
  • Wagner Mariano Uchôa Lima (MDB) – Foragido

Por / G1 Tocantins

 592 total views,  4 views today

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Noticias

Grupo Jovem Samba – Com mais de 20 anos de estrada, portuenses mantém pegada alto astral ao som do samba e pagode

Published

on

No ano em que completou 160 anos de emancipação política, a cidade de Porto Nacional mais uma vez agraciou os portuenses com o desfile de diversas atrações musicais dentro do Circuito Turístico Cultural Audiovisual, organizado pela Secretaria da Cultura e do Turismo.

Dentro uma ampla programação que contempla os variados estilos musicais, um grupo merece respeito e reverência, por se manter firme na longa caminhada e sempre buscando inovar e apresentar um repertório pra cima.

Se trata do Grupo Jovem Samba, legitimamente portuense e com uma trajetória de mais de 20 anos de estrada, desde a primeira apresentação oficial no CEM – Félix Camôa, onde recebeu apoio e incentivo da comunidade escolar no ano de 1998

O melhor do samba e pagode

O vocalista Adnúbio se mantém com o mesmo carisma e alto astral do inicio do projeto, e se diz a cada dia pronto em levar a boa música  que embalou e marcou a história muita gente na longa trajetória musical.

 “Nós éramos uma banda de fundo de quintal de amigos,que tocava com lata que era nossos instrumentos e que mais tarde seria o incentivo para levarmos nosso sonho adiante. Pontua, Adneubio.

A formação atual conta com Adnubio (Vocalista),Magno (Contra-baixo),Waltefilho(Bateria),Willian (Percussão),André (Percussão),Thiago (Violão e Guitarra), Hugo (Sax), Maycon (Teclado) e Douglas (Cavaquinho).

Manter a sonoridade e sempre acompanhar as novas tendências musicais e sempre caprichar no repertório, sempre foi um grande diferencias do Grupo Jovem Samba, não existe ninguém que não conheça a sonoridade do grupo e tenha uma boa história para contar. Foram inúmeras apresentações em todos os grandes eventos musicais de Porto Nacional, dentre eles o carnaval, semana da cultura, micaretas, feira agropecuárias, festas corporativas, sabadeiras,domingueiras e resenhas.

No ano de 2020, o grupo marcou presença  no circuito cultural Porto Verão, organizado em Porto Nacional através da Prefeitura de Porto Nacional;

Confira o link abaixo: https://www.youtube.com/watch?v=LxKNy5YRPXI

No ano de 2021, o grupo marcou presença também dentro da live organizada através da Secretaria da Cultura e do Turismo e mais uma vez contagiou os internautas com muito swing e pagode. Confira a live abaixo: https://www.youtube.com/watch?v=c44adBhy_xg

Live Show Pagode do Grupo Jovem Samba: https://www.youtube.com/watch?v=zGQypQLSwf4

Originalidade e carisma

Uma das marcas do Grupo Jovem Samba, é sem sombra de dúvidas a originalidade do grupo, que sempre se manteve fiel as suas raízes e por onde passou dentro de Porto Nacional e nos grandes eventos em cidades vizinhas.

O Carisma e o timbre do vocalista Adnúbio e a sincronia da banda que toca junto e se conhece a muito tempo são reconhecidos em qualquer lugar e faz da Grupo Jovem Samba ser destaque pela qualidade musical e por manter vivo o samba e pagode que passa por sucessos dos anos 90 do grupo Raça Negra até hits conhecidos de outros estilos e sempre dentro de um repertório novo e atual.

No próximo domingo, dia 25, O grupo Jovem Samba subirá ao palco montado na sede da Comsaúde, dentro do Circuito Turístico Cultural Audiovisual de Porto Nacional, e que será transmitido ao vivo através do canal do Youtube da Prefeitura de Porto Nacional: https://www.youtube.com/channel/UCjFqAohIwqzxD9w9ciTTk0Q

Uma grande domingueira regada a muito samba e pagode e que presenteará os portuenses com muita musica de qualidade dentro da programação do Porto Verão 2021, que este ano em virtude da pandemia está sendo totalmente online.

Por: Willian da Luz

Fotos: Arquivo pessoal do Grupo

 732 total views,  584 views today

Continue lendo

Noticias

Banda Zorra se consolida com a pegada contagiante da arrochadeira

Published

on

Fazer um som de qualidade e unir a ele musicalidade e uma batida contagiante é uma das missões que as bandas buscam na conquista e afirmação da sua arte.

Dentro desse contexto a Banda Zorra soube unir a batida perfeita de ritmos como arrochadeira,bregadeira e swingueira e sempre no alto nível e colocando todo mundo para se mexer dentro de suas apresentações que sempre são feitas com muito alto astral e com uma levada diferenciada e aprovada pelo público.

Batida envolvente

Com uma trajetória construída em Porto Nacional e presente  em grandes eventos musicais,lives culturais, eventos particulares , a Banda Zorra tem nos vocais o talento e o carisma do cantor Ademir Junior, que se diz preparado para os novos desafios que vem pela frente e acredita que no futuro breve com a retomadas das atividades culturais vai poder apresentar novidades ao público.

O vocalista Ademir Junior, de apenas 21 anos, vem trilhando o caminho de grandes artistas e se apresenta com muita  maturidade vocal e se espelha  em suas referências musicais que são  as bandas Luxúria,Kuarto de empregada,Dan Ventura,Trio Da Huana dentre outros artistas que integram esse gênero musical que conquistou o Brasil e que está presentes nas maiores festividades como carnaval e micaretas.

Circuito Turístico Cultural Audiovisual de Porto Nacional

Com a experiência de já ter participado em 2020 dentro da temporada Porto Verão 2020, que aconteceu de forma digital, a Banda Zorra subirá ao palco neste ano de 2021, no próximo dia 25, dentro de uma apresentação que promete quebrar tudo e fazer os portuenses não ficarem parados em casa na grande live organizada pela Prefeitura de Porto Nacional por meio da Secretaria da Cultura e do Turismo.

Conheça mais sobre a Banda Zorra e siga nas redes sociais no instagram: @banda_zorra e o perfil do vocalista @ademirjuniii ou agende a sua resenha através do contato: 63-984842384

Por: Willian da Luz

Fotos: Arquivo pessoal do artista

 1,705 total views,  421 views today

Continue lendo

Noticias

Diego Guedes – Cantor sertanejo se destaca por versatilidade musical e repertório moderno e atualizado

Published

on

Integrante de um seleto grupo de artistas tocantinenses da nova geração da música sertaneja, o cantor Diego Guedes, nascido em Porto Nacional, vem trilhando um caminho de desafios e de oportunidades dentro do cenário musical.

Com um repertório sempre atualizado o cantor solo tem como uma das suas influências musicais a dupla Matheus e Kauã, que tem um estilo musical moderno e que explora as novas vertentes do seguimento sempre com romantismo e sensibilidade.

O inicio da carreira do artista sertanejo Diego Guedes, se assemelha com a de muitos músicos e começou ainda em sua infância tocando variados instrumentos musicais na igreja que a juntamente com sua família.

No coração da musica sertaneja

Da bateria ao violão ao sonho de cantar e tocar em grandes palcos do Brasil, fez com o que o cantor se desafiasse e junto com um amigo deu inicio a dupla Diego Guedes e Emanuel, onde ensaiaram seus primeiros passos em Porto Nacional e enxergando novas oportunidades partiram para Goiânia no coração do Brasil e de onde foram buscar maturidade e crescimento musical e profissional.

A dupla Diego Guedes e Emanuel assim como a maioria das duplas, começou a se apresentar nos tradicionais barzinhos da capital goiana e assim ganhando espaço e tendo contato com artistas consagrados de quem os mesmos pediram conselhos.

“ O sonho de buscar nosso próprio teria que passar por Goiânia e fomos beber da fonte para conhecermos melhor e crescermos como músicos”. Pontua, Diego Guedes.

Retorno as raízes

Com o agravo da pandemia e o fechamentos dos eventos artísticos e culturais, impossibilitando que os cantores continuasse suas apresentações ao vivo, Diego Guedes se viu diante de um momento desafiador e retornou ao estado do Tocantins, onde junto com a família e amigos buscou recarregar suas baterias e trilhar novos caminhos dentro da música.

Nascia ali sua carreira solo, fruto de muito diálogo e percepção de encontrar ser um novo começo, Diego Guedes começou a interagir com duplas parcerias em lives musicais e usas suas redes sociais para divulgar seu novo projeto musical solo.

No ano de 2021, o artista fará participação dentro do Projeto Circuito turístico cultural de audiovisual de Porto Nacional, o show será quarta-feira, 21, no palco principal do evento que está sendo realizado na sede da COMSAÚDE, e onde vários artistas se apresentam. O show solo marca a virada de chave na trajetória do cantor portuense de 24 anos e o inicio de uma trajetória musical que no futuro breve ganhará os palcos dos grandes eventos dentro e fora do estado.

Por: Willian da Luz

Fotos: Arquivo pessoal do artista

 5,539 total views,  423 views today

Continue lendo

Publicidade

Desenvolvimento de Sites! +Bônus!

2

Facebook

Advertisement

Categorias

Trending