MPE recomenda que prefeitura de Porto Nacional não efetue pagamento de diárias em prol da primeira-dama - Jornal Porto Midia

O Ministério Público Estadual (MPE), por meio da 5° Promotoria de Justiça de Porto Nacional, recomenda que a prefeitura do município não efetue qualquer pagamento de diárias ou designe servidores municipais ou veículo em Prol da primeira-dama, Aline Maia. O MPE estabelece o prazo de dez dias para o acolhimento da recomendação, sob pena de medidas judiciais cabíveis à espécie.

 

Conforme a recomendação, a lei de autoria do executivo municipal aprovada na Câmara de Vereadores, que prevê a possibilidade de pagamento de diárias, além da designação de pessoal e transporte para a esposa do prefeito Joaquim Maia é absurdamente inconstitucional, com lesão clara ao princípio da impessoalidade.

Ainda segundo a recomendação, a autorização de despesas com dinheiro público e uso de servidores e bens públicos em prol de pessoa não investida de cargo público, “revela clara prática de ato de improbidade administrativa, com dano ao erário e violação flagrante do princípio da impessoalidade, dada a evidente inconstitucionalidade da Lei Municipal Complementar  62/2018 nesse ponto”.

A recomendação, publicada nesta terça-feira (19), atende uma representação junto ao órgão do vereador Djalma Araújo (PV).

 

Fonte : SOU MAIS NOTICIAS

Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

300x250
Paulista
277158474_1419113205204878_6132805285539760849_n
WhatsApp Image 2022-02-24 at 15.13.31
WhatsApp Image 2021-11-19 at 12.16.21

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?