MPTO sedia curso de capacitação para combate à corrupção e à lavagem de dinheiro

Especialistas de diversos Estados do Brasil estarão reunidos na sede do Ministério Público do Estado do Tocantins (MPTO) entre os dias 23 e 26 de abril para a realização do Curso de Capacitação e Treinamento para Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro. O evento é uma realização do Fórum Permanente de Combate à Corrupção (FOCCO), em parceria com o Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI), do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Na abertura do evento, realizada na manhã desta terça-feira, 23, o procurador-geral de Justiça, José Omar de Almeida Júnior, comentou sobre a importância do tema. “Para os promotores e promotoras de Justiça que integram o Ministério Público do Tocantins, é uma excelente oportunidade para aprimorar seus conhecimentos e, consequentemente, ampliar as estratégias de atuação na defesa do patrimônio público, no combate à corrupção e à lavagem de dinheiro”.

A programação conta com palestras proferidas por procuradores de República, promotores de Justiça, delegados da polícia federal e da civil, assessores do Banco Central e da Previdência, auditores fiscais da Controladoria-Geral da União, assessores do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), entre outros.

A palestra de abertura foi conduzida Isalino Giacomet Júnior, assessor do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, que falou sobre o sistema nacional de combate à lavagem de dinheiro.

“A capacitação tem como objetivo oferecer troca de experiências, conhecimentos e metodologias entre os participantes, promovendo maior efetividade na prevenção e no combate aos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção”, afirmou o promotor de Justiça e coordenador do Fórum Tocantinense de Combate à Corrupção, Vinícius de Oliveira e Silva.

O evento é destinado a membros e servidores do Ministério Público, Tribunal de Justiça, Polícias Federal e Civil, Advocacia-Geral da União, Agência Brasileira de Inteligência, Banco Central do Brasil, Caixa Econômica Federal, Casa Civil, Controladoria-Geral do Estado do Tocantins, Ministério Público de Contas, Tribunal de Contas do Tocantins, Advocacia-Geral da União, Ministério Público Federal, Tribunal de Contas da União, Controladoria-Geral da União, Delegacia da Receita Federal, Instituto Nacional de Seguridade Social e outras instituições públicas.

Fonte / MPE-TO

Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

WhatsApp Image 2021-12-06 at 18.51.44
WhatsApp Image 2021-11-20 at 07.01.56
WhatsApp Image 2021-11-19 at 12.16.21
271167716_1371306459985553_2769517668468713410_n
WhatsApp Image 2021-08-06 at 08.36.06
WhatsApp Image 2021-10-29 at 09.23.51

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?