Namorado e comparsa acusados do assassinato de Patrícia Aline são presos pela PM.

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Campos Lindos, a 473 quilômetros de Palmas, contando com o apoio da Polícia Militar daquele município, prendeu na tarde desta terça-feira,14, Yuri Ítalu Mendanha, de 24 anos; e Slias Barreira Borges dos Santos, de 23. Os dois são acusados de terem assassinado a jovem Patrícia Aline dos Santos, 29, no último dia 09 em Palmas. Segundo a Polícia Civil, Yuri era namorado da vítima e não aceitava o término do relacionamento.

 

De acordo com o delegado adjunto da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Palmas, Israel Andrade, os dois foram presos pela equipe do delegado Gustavo Toledo após uma denúncia anônima feita à PM de Campos Lindos. Há indícios de que os dois tentavam comprando passagem com nomes falsos na intensão de viajarem para Goiânia.

 

As suspeitas da Polícia são que após cometer o crime a dupla teria fugido em direção da região Extremo-Norte do Estado, tendo inclusive trafegado pelo Maranhão. “Há informações que os dois foram vistos pelos municípios de Estreito e Balsas no Maranhão e Itaguatins, no Tocantins”, afirmou o delegado. Ainda de acordo com Israel, os dois foram vistos nesta terça-feira comprando cerveja em Campos Lindos e estavam no automóvel Fiat Uno vermelho que fora mostrado nas imagens de segurança na véspera do homicídio de Patrícia.

 

Transferência

 

Após serem presos, os dois foram encaminhados para a Central de Flagrantes de Araguaína e posteriormente serão encaminhados para a Casa de Prisão Provisória (CPP) até serem transferidos para Palmas. De acordo com o delegado Israel Andrade a previsão é que os dois sejam transferidos para a Capital nesta quarta-feira,15. “Após ouvidos os dois serão encaminhados para a CPP de Palmas”, afirmou.

 

Sobre os motivos do crime o delegado ressaltou que apenas após as oitivas serão apresentados os fatores resultaram na morte da jovem. “Eles serão autuados pelo crime de Feminicídio, que é o crime baseado em ódio de gênero e podem pegar de 12 a 30 anos de detenção”, afirmou.

Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

WhatsApp Image 2021-12-06 at 18.51.44
WhatsApp Image 2021-11-20 at 07.01.56
WhatsApp Image 2021-11-19 at 12.16.21
271167716_1371306459985553_2769517668468713410_n
WhatsApp Image 2021-08-06 at 08.36.06
WhatsApp Image 2021-10-29 at 09.23.51

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?