O mistério por trás de “Momo”, a corrente de terror do Whatsapp - Jornal Porto Midia

O mistério por trás de “Momo”, a corrente de terror do Whatsapp

Caso da morte de um menino de 9 anos em Recife, neste mês, trouxe o alerta sobre o desafio da boneca Momo. Crianças e adolescentes são alvos preferidos.

A morte de um menino de 9 ano, encontrado no quintal de casa em um bairro do Recife, neste mês, trouxe o alerta dobre o desafio da boneca Momo. A mãe da criança acredita que o filho tenha tirado a própria vida por influência do jogo que circula na internet, principalmente pelo Whatsapp.

O desafio é representado pela imagem de uma boneca de olhos arregalados, boca grande aparência assustadora. Segundo a psicóloga Roberta Valory, especializada em saúde da família e na infância e adolescência, o final do jogo é o sufocamento. “O desafio consiste no quanto crianças e adolescentes conseguem ficar com esse sufocamento, o que pode causar a morte”.

Foto: Divulgação

                                          ORIGEM

Momo é o termo pelo qual ficou conhecida uma obra de arte japonesa que mistura a imagem de uma mulher com um pássaro.

Um caso semelhante deixou em alerta pais de crianças e adolescentes na Argentina, no final de julho, quando a polícia local iniciou uma investigação sobre o suicídio de uma menina de 12 anos que recebia ameaças pelo Whatsapp de um contato identificado como Momo, de acordo com informações do site “O Globo”.

O grupo Marista de ensino, emitiu uma nota aos pais e responsáveis de alunos sobre a incidência do desafio no meio das crianças e adolescentes. Veja nota abaixo.

Fonte: Portal Agora

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

277158474_1419113205204878_6132805285539760849_n
300x 250
WhatsApp Image 2021-11-19 at 12.16.21
WhatsApp Image 2022-06-01 at 12.46.40
WhatsApp Image 2021-10-29 at 09.23.51

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x