Operação Rota do Ouro investiga mercado ilegal de ouro no Tocantins

 

A Polícia Federal deflagrou nessa manhã (23) a Operação Rota do Ouro, com o objetivo de desarticular suposto mercado de ouro ilegal extraído da região de Natividade/TO.

Aproximadamente 60 policiais federais cumprem dez mandados judiciais de busca e apreensão, expedidos pela Vara Federal de Gurupi/TO e 12 mandados de intimação, nos estados de Tocantins, São Paulo, Bahia, Distrito Federal e Pará. Ocorre também o bloqueio de valores nas contas bancárias dos envolvidos, visando a recuperação de valores do ouro extraído e reparação dos danos ambientais causados com a extração.

A investigação teve início com uma fiscalização em conjunto da PF com o Departamento Nacional de Produção Mineral – DNPM, culminando no fechamento de garimpo ilegal na zona rural de Chapada de Natividade/TO. A investigação atualmente aponta que o ouro extraído de forma ilegal tem como destino São Paulo e o exterior.

A extração ilegal não gera benefícios para a comunidade local, não há criação de empregos formais e nem arrecadação de impostos. A população local tem sofrido com os danos ambientais e contaminação com metais pesados utilizados pela garimpagem ilegal do ouro.

Os investigados podem responder pelos crimes de usurpação de bens da União, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

O nome da operação faz referência ao seu objetivo que é de elucidar qual o destino do ouro extraído da região de Natividade/TO.

Fonte: PF-TO

Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

WhatsApp Image 2021-12-06 at 18.51.44
WhatsApp Image 2021-11-20 at 07.01.56
WhatsApp Image 2021-11-19 at 12.16.21
271167716_1371306459985553_2769517668468713410_n
WhatsApp Image 2021-08-06 at 08.36.06
WhatsApp Image 2021-10-29 at 09.23.51

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?