Polícia Civil prende suspeito por furto de energia elétrica em Palmas - Jornal Porto Midia

Em continuidade às ações de combate a furtos de água tratada e energia elétrica, no final da tarde desta quinta-feira (28), a Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia Especializada na Repressão a Crimes Praticados Contra Concessionárias Prestadoras de Serviços Públicos (DERFAE), efetuou a prisão de um homem suspeito de furtar energia elétrica, na Capital. 

De acordo com o delegado Elírio Putton Júnior, a ação foi deflagrada depois que os policiais da Delegacia Especializada receberam informações de técnicos da companhia Energisa, de que na residência, localizada na Quadra 207 Sul, de Palmas, estaria, em tese, ocorrendo furto de energia elétrica, devido à descoberta de uma ligação clandestina (gato), no local.

Imediatamente, os policiais civis, acompanhados por peritos da Polícia Científica, foram até o local, onde a perícia oficial constatou a materialidade do delito, por meio de instalação clandestina de um cabo multiplex de 10mm, que ligava a residência diretamente à rede de energia elétrica, sem passar pelo medidor oficial.

Ao perceber que seria preso, o homem se escondeu em um dos cômodos de sua residência, na tentativa de despistar os policiais civis, sendo que alguns minutos depois, ele abriu o portão de sua casa e tentou fugir em alta velocidade com seu carro. No entanto, os agentes da DERFAE flagraram a tentativa de fuga do suspeito e iniciaram perseguição, sendo  alcançado e interceptado pelos policiais civis quando se encontrava na região Norte da capital, após ter percorrido vários quilômetros em fuga.

Capturado, o indivíduo, que já havia sido preso em 2018 pela pratica do mesmo crime, foi levado até a sede da unidade policial, onde foi novamente autuado em flagrante por furto de energia elétrica. Não recolhendo aos cofres públicos a quantia arbitrada como fiança pela autoridade policial, após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o indivíduo foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde permanecerá à disposição da Justiça.

Após mais uma ocorrência de furto de energia, o delegado Elírio Putton faz um alerta à população sobre a incidência desse tipo de crime. “O prejuízo financeiro ocasionado pelo furto de energia não é arcado somente pela Companhia prestadora do serviço, mas em parte, esse custo também é repassado para todo cidadão, que paga sua tarifa de energia elétrica. Além disso, são grandes as probabilidades de ocorrerem acidentes fatais que são causados por conseqüência dessas ligações clandestinas”, ressaltou.

Fonte / SSP-TO

Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

300x250
Paulista
277158474_1419113205204878_6132805285539760849_n
WhatsApp Image 2022-02-24 at 15.13.31
WhatsApp Image 2021-11-19 at 12.16.21

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?