Populares acampam em fila para garantir vaga em escola militar de Porto Nacional - Jornal Porto Midia

Várias  pessoas estão acampadas em frente a Escola Estadual Custódia da Silva Pedreira, desde de sexta-feira (29), em Porto Nacional. Com barracas, cadeiras, e outros utensílios, a movimentação visa garantir a matrícula do filho ou responsável na unidade educacional que será administrada pela Polícia Militar.

A escola é localizado no setor Guaxupé e foi recentemente militarizada. As matrículas começam na proxima segunda-feira (2) e se estendem até o dia 17 de julho.

A unidade conta atualmente com 150 alunos, mas com a incorporação do Colégio da Polícia Militar, englobará mais matrículas no ensino fundamental e no 1º ano do ensino médio.

Além da unidade em Porto Nacional, o estado conta com seis unidades de ensino militarizada, sendo duas em Palmas, uma em Araguaína, uma em Arraias, uma em Paraíso do Tocantins e outra em Araguatins.

 

Nota da SEDUC  Sobre as Matrículas do Colégio da PM Porto Nacional :

A Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) informa que foi feito, equivocadamente, um aviso para que as matrículas na unidade do Colégio da Polícia Militar de Porto Nacional fossem feitas de forma física na própria escola.
A Secretaria informa que está apurando de onde saiu a informação equivocada e que, tão logo tomou conhecimento da situação envolvendo os pais e responsáveis pelos alunos, procurou a direção da escola e a Diretoria Regional de Educação de Porto Nacional para orientarà-los a retornarem para casa e  quanto os procedimentos de matrícula via internet.
A Pasta esclarece que todas as unidades do colégios militares do Tocantins estão jurisdicionadas à rede estadual de ensino e, como tal, devem seguir o sistema on line de efetivação das matrículas. Desde 2017 as matrículas na rede estadual são feitas inteiramente pela internet, com o objetivo de evitar a formação de filas e o transtorno para alunos, pais e responsáveis. Em Porto Nacional são cerca de 800 vagas na unidade do CPM.
Como forma de atenuar a situação, na segunda-feira, 2, equipes técnicas da Seduc, da Regional e da escola estarão na unidade de ensino, com uma estrutura de computadores conectados à internet para que as matrículas sejam feitas da mesma forma podem ser realizadas de qualquer computador ou outros aparelhos com conexão à rede.
A Seduc vem a público pedir desculpas pelo equívoco e orienta os pais e responsáveis para que realizem todo o procedimento de matrículas por meio do site da Seduc (www.seduc.to.gov.br), ou pelo telefone 0800 635050.

Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

300x250
Paulista
277158474_1419113205204878_6132805285539760849_n
WhatsApp Image 2022-02-24 at 15.13.31
WhatsApp Image 2021-11-19 at 12.16.21

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?