Connect with us

Noticias

PORTO NACIONAL RECEBE O CINEMA ITINERANTE, UMA PROPOSTA DE DIVERSÃO GRATUITA PARA TODAS AS IDADES.

Published

on

Nos dias 24, 25 e 26 de setembro, a população de Porto Nacional tem encontro marcado com a diversão. Nesses dias, a cidade recebe o projeto “Cine Olé Consignado”, que vai promover sessões gratuitas de cinema para crianças, jovens e adultos.

A sala de cinema, que ficará localizada na Av. Beira Rio, ao lado do centro de convenções Vicentão, terá sessões às 8h, 10h, 14h, 16h e 19h, com títulos nacionais e internacionais de grande sucesso, como Meu Malvado Favorito 3, Sing – Quem Canta seus Males Espanta, Mulher-Maravilha, Meus 15 anos, Thor: Ragnarok, Carros 3, Minha Mãe é uma Peça 2 e muitos outros. Os ingressos são gratuitos, individuais e distribuídos por ordem de chegada uma hora antes do início das sessões. A pipoca e o refrigerante também são gratuitos.

 

Os filmes incluídos na programação foram escolhidos para agradar a toda a família. Assim, são histórias para todos os gostos e gêneros, como animação, comédia, ação e aventura. Pela manhã e à tarde, os filmes destinam-se principalmente para crianças e seus acompanhantes – e são programas ideais para o vovô ou a vovó aposentados curtirem com seus netos. As sessões noturnas, por sua vez, foram pensadas para agradar principalmente ao público jovem e a todas as pessoas que procuram uma distração para relaxar após o dia de trabalho.

 

O cinema móvel apresenta os mesmos recursos encontrados nas salas convencionais de cinema das grandes cidades. O ambiente tem capacidade para 77 confortáveis lugares e conta com isolamento térmico e acústico. Possui ar condicionado, bombonière, som estéreo, projeção convencional ou 3D, gerador próprio e elevador de acesso para pessoas com necessidades especiais.

 

A mostra de cinema itinerante é uma iniciativa da Olé Consignado, empresa de crédito formada em 2015 pela parceria entre os bancos Santander e Bonsucesso. O projeto foi idealizado pela Projetos com Incentivo, que tem mais de 10 anos de experiência em cinema e na realização de projetos incentivados nas áreas de cultura, esporte, educação e inclusão social.

 

O projeto “Cine Olé Consignado” tem início na Bahia e vai percorrer vários estados do país, como Pernambuco, Alagoas, Paraíba, Ceará, Piauí, Maranhão, Tocantins e Mato Grosso.

 

Confira, abaixo, a programação.

Feira de Santana (Bahia): 12 a 14 de julho

Petrolina (Pernambuco): 17 a 19 de julho

União dos Palmares (Alagoas): 22 a 24 de julho

Guarabira (Paraíba): 27 a 29 de julho

Russas (Ceará): 31 de julho, 1 e 2 de agosto

Itapipoca (Ceará): 7 a 9 de agosto

José de Freitas (Piauí): 12 a 14 de agosto

Piripiri (Piauí): 17 a 19 de agosto

União (Piauí): 21 a 23 de agosto

Demerval Lobão (Piauí): 26 a 28 de agosto

Caxias (Maranhão): 30 e 31 de agosto, 1 de setembro

Açailândia (Maranhão): 6 a 8 de setembro

Imperatriz (Maranhão): 11 a 13 de setembro

Araguaína (Tocantins): 15 a 17 de setembro

Palmas (Tocantins): 20 a 22 de setembro

Porto Nacional (Tocantins): 24 a 26 de setembro

Gurupi (Tocantins): 29 e 30 de setembro,1 de outubro

Juara (Mato Grosso): 8 a 10 de outubro

Juína (Mato Grosso): 12 a 14 de outubro

Cáceres (Mato Grosso): 18 a 20 de outubro

Poconé (Mato Grosso): 23 a 25 de outubro

Jaciara (Mato Grosso): 27 a 29 de outubro

 

Sobre a Olé Consignado

Fruto da joint venture entre o Banco Bonsucesso e o Santander, a Olé Consignado nasceu Banco Bonsucesso Consignado, em fevereiro de 2015. Em 25 de abril de 2016, a instituição teve seu nome e sua marca alterados e, assim, nasceu a Olé Consignado, uma empresa que tem como missão trabalhar cada vez mais para ser a solução para milhares de brasileiros que precisam de crédito. Olé é uma marca que traduz a alegria, a vibração e a capacidade do brasileiro de driblar as dificuldades, ir mais longe e vencer. Uma marca que traz a vibração e o espírito empreendedor de quem traz em sua história a experiência do Bonsucesso no consignado e a robustez do Santander, o que permite à instituição se posicionar no mercado como um importante player a oferecer os melhores produtos e serviços de crédito consignado. A Olé Consignado nasceu com uma carteira de crédito de R$ 4,4 bilhões, 1,8 milhão de clientes, aproximadamente 1.000 correspondentes autorizados espalhados pelo Brasil e uma rede de 39 lojas próprias. Os números robustos alcançados no primeiro ano de atuação no mercado, evidenciam o potencial de crescimento da Olé Consignado, que quer quintuplicar sua participação no segmento de crédito consignado em cinco anos, atingindo 10% de market share.

Sobre a Projetos com Incentivo

 

A plataforma Projetos com Incentivo foi criada para facilitar o encontro entre o proponente e as empresas que investem em projetos incentivados – CULTURA, ESPORTE, EDUCAÇÃO, INCLUSÃO SOCIAL, entre outros. Essa plataforma permite que os produtores de conteúdo divulguem seus projetos para grandes empresas, pois além de divulgar, a Projetos com Incentivo distribui seu portfólio para parceiros comerciais estrategicamente espalhados por todo o Brasil.

Fonte: Samanta Rezende

 1,532 total views,  4 views today

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Noticias

MPTO recomenda que município de Monte de Carmo promova ações voltadas aos animais de rua e ao controle de zoonoses

Published

on

Pelo fato de não existir no município de Monte do Carmo lei específica para o controle de zoonoses nem plano de ação relacionado aos animais domésticos em situação de abandono, o Ministério Público do Tocantins (MPTO) emitiu, nesta sexta-feira, 7, recomendação ao prefeito, orientando que sejam editadas normativas da área de Vigilância em Saúde contemplando estes temas.

Na recomendação, o município é orientado a estabelecer Plano de Ação que contemple o recolhimento e transporte de animais em situação de rua e a execução de atividades e estratégias de controle da população de animais, como forma de conter a propagação de zoonoses – que incluem as doenças transmitidas de animais para seres humanos, a exemplo da raiva, leishmaniose e toxoplasmose.

A recomendação destaca a relevância destas medidas para a saúde pública e explica que elas estão fundamentadas em portaria do Ministério da Saúde.

Também recomenda-se que a gestão municipal promova atividades e estratégias de educação em saúde visando a criação e a posse responsável de animais, em termos da prevenção de zoonoses.

Após o recebimento do documento, o município de Monte do Carmo terá prazo de 10 dias para responder sobre o acatamento dos termos recomendados.

A recomendação foi emitida pelo promotor de Justiça Luiz Antônio Francisco Pinto, que atua na área da defesa da saúde na Comarca de Porto Nacional.

 534 total views,  358 views today

Continue lendo

Noticias

Relator do processo contra chapa de Carlesse no TSE quer multar governador e vice em R$ 162 mil por irregularidades na Eleição Suplementar

Published

on

O ministro Tarcísio Vieira de Carvalho Neto, do Tribunal Superior Eleitoral, votou por condenar parcialmente o governador do Tocantins, Mauro Carlesse (PSL) e o vice-governador, Wanderlei Barbosa (Sem partido) por supostas irregularidades na Eleição Suplementar de 2018. Carvalho Neto é o relator de dois processos contra a chapa formada por Carlesse e Wanderlei para aquela eleição, na época ambos eram do PHS.

Nos dois casos, o ministro entendeu que o governador e o vice se beneficiaram de condutas vedadas durante o período eleitoral e que por isso deveriam pagar multas relativas aos dois processos que, somadas, chegam a cerca de R$ 162 mil. Apesar disso, ele entendeu que as condutas não foram graves o suficiente para justificar tornar os dois inelegíveis. Por isso, o ministro não atendeu o pedido do Ministério Público Eleitoral para que eles perdessem os direitos políticos.

G1 procurou o Palácio Araguaia que informou que “só irá se pronunciar após o fim do julgamento”, declarou. Na época em que o MP Eleitoral entrou com o processo, o Governador disse que todas as ações da campanha foram pautadas na legalidade e que tinha certeza que o desfecho do processo seria positivo.

Em uma das ações, a acusação era de que eles tinham exonerado cerca de dois mil funcionários públicos temporários, sem justa causa, no período em que a legislação não permite. Na outra, a questão era a publicação de um vídeo com a então presidente da Agência Tocantinense de Saneamento (ATS), Roberta Castro, nas páginas oficiais do governo. Na filmagem, eram apresentadas obras de perfuração de poços artesianos no interior do Tocantins.

O voto do relator agora será submetido aos outros seis ministros do TSE que têm até o próximo dia 6 de maio para se manifestar contra ou a favor do entendimento de Tarcísio Vieira de Carvalho Neto. A votação é em plenário virtual, sem discussões por videoconferência ou presenciais.

Os processos foram movidos pelo MP eleitoral ainda em 2018. Na época o pedido era para que o governador e o vice perdessem os cargos, mas como o mandato terminou antes da questão ser decidida, o pedido passou a ser pela inelegibilidade.

A Eleição Suplementar daquele ano foi convocada por causa da cassação do então governador Marcelo Miranda (MDB), também por irregularidades durante campanhas eleitorais e também por decisão do TSE. Carlesse e Wanderlei acabaram vencendo três ciclos eleitorais no mesmo ano, já que levaram a maioria dos votos no primeiro e no segundo turno da Eleição Suplementar e foram reeleitos em primeiro turno nas Eleições Gerais daquele ano.

Com informações do G1 Tocantins

 5,004 total views,  264 views today

Continue lendo

Noticias

MPTO investiga caso de idoso que teria deixado de receber segunda dose de vacina contra Covid-19 porque a aplicação já estava registrada em seu cartão

Published

on

O Ministério Público do Tocantins (MPTO), por meio da 27ª Promotoria de Justiça da Capital, instaurou procedimento para apurar situação envolvendo um idoso de 67 anos que teria deixado de receber a segunda dose da vacina contra Covid-19 porque a aplicação estaria indevidamente registrada no seu cartão de vacinas. Ao instaurar o procedimento, o MPTO requisitou informações ao secretário de Saúde de Palmas sobre o caso, que foi noticiado na imprensa no último domingo, 2.

Ao titular da Semus, foi requerida cópia integral do procedimento administrativo instaurado pela secretaria para averiguar este caso, bem como dados do registro da vacina aplicada, cópia do cartão de vacina do idoso, escalas dos servidores do dia em que a vacinação foi registrada e prontuário atualizado do servidor que teria aplicado o imunizante.

Também é questionado pelo MPTO qual será a conduta da Semus com relação ao idoso, que informa estar com a segunda dose descoberta, bem como se existem outras reclamações no mesmo sentido. O prazo estabelecido para resposta foi de 10 dias.

Está atuando no procedimento a promotora de Justiça Araína Cesárea D’Alessandro, da área de defesa da saúde.

 3,302 total views,  260 views today

Continue lendo

Publicidade

Desenvolvimento de Sites! +Bônus!

2

Facebook

Advertisement

Categorias

Trending