Prefeitura de Porto Nacional realizou a XI Conferência Municipal de Saúde

Com expressiva participação de profissionais de saúde, gestores, conselheiros municipais de saúde, representantes de entidades e usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), aconteceu nesta terça-feira, 19, a abertura da XI Conferência Municipal de Saúde. 

O evento foi promovido pela Prefeitura de Porto Nacional, por meio da Secretaria Municipal da Saúde e em parceria com o Conselho Municipal de Saúde, com a proposta de avaliar, mobilizar, propor diretrizes e estabelecer diálogos com a sociedade portuense acerca do direito à saúde e em defesa da consolidação do Sistema Único de Saúde no Município.

A plenária aconteceu no auditório da Escola Professor Florêncio Aires, com o tema “Democracia e Saúde”, enfocando três eixos temáticos: Saúde como direito; Consolidação dos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS); e Financiamento adequado e suficiente para o SUS.

Cerimônia

O ato foi marcado com um culto ecumênico presidido pelo padre Jucimar Ribeiro e pelo pastor Elias Fernandes. Eles levaram mensagens de fé ao público. A Banda Mestre Adelino da Guarda Municipal fez uma belíssima apresentação executando o hino nacional brasileiro e o hino do município numa grande demonstração de respeito e civismo.

A cerimônia de abertura contou com a presença do prefeito Joaquim Maia, do vice-prefeito Ronivon Maciel, da articuladora do Selo Unicef e primeira-dama Aline Maia, da secretária municipal da Saúde, Anna Crystina Brito, do presidente do Conselho Municipal da Saúde, Emílio Fontoura, do presidente do Conselho Estadual de Saúde do Tocantins, Mário Benício dos Santos, do representante dos usuários do SUS de Porto Nacional, Carlos Magno Reis, do promotor de justiça da Saúde, Rodrigo Grise Nunes, representando o Ministério Público Estadual, da superintendente de gestão e políticas estratégicas da Secretaria  Estadual da Saúde, Luiza Regina Dias representando o secretário de Estado da Saúde, Renato Jaime.

A programação contou com palestras proferidas pela diretora de Instrumento de Planejamento para Gestão do SUS, Mízia Saldanha e pela superintendente de gestão e políticas estratégicas da Secretaria de Estado da Saúde, Luiza Regina, que abordaram assuntos relacionados aos eixos temáticos da 11ª Conferência Municipal de Saúde.

A apresentação cultural ficou a cargo da APAE da cidade, representada pela jovem Mary Hellen Rosal Sardinha, que abrilhantou na dança cigana.

Política de saúde do município

Na ocasião, o prefeito Joaquim Maia, enalteceu o trabalho da gestão em prol dos avanços alcançados na saúde do município. “É um desafio fazer saúde pública, mas acreditamos no sistema único de saúde. Temos investido muito na saúde do nosso município por entender da sua importância pra o cidadão portuense. E com esse entendimento e dedicação, além do conjunto de profissionais que atuam nessa área que nós estamos promovendo uma melhor saúde, uma saúde pública diferenciada para o nosso povo”, ressaltou o prefeito de Porto Nacional, Joaquim Maia.

O vice-prefeito Ronivon Maciel, destaca que o evento é um grande chamamento para um espaço democrático de construção da política de saúde do município. E salientou as referências positivas que Porto Nacional tem prestado na saúde no município. “Acompanho o dia-a-dia como vice-prefeito, mas acompanho também como cidadão e vejo o esforço e dedicação para que possamos fazer da saúde de nossa cidade, cada vez melhor, mais acolhedora e humana”, pontuou Ronivon.

Para a Secretária Municipal da Saúde, Anna Crystina Brito, a conferência é um ato importante para a democratização do debate. “É um momento rico de discussão onde a partir de eixos prioritários, vamos discutir estratégias, planejamentos, e encaminhamentos que viabilizem a cada dia uma saúde mais humana, mais resolutiva e mais humanizada, que esse é o objetivo maior da conferencia”, salientou.

Debates

Nesse sentido, a etapa municipal vai preparar propostas para serem levadas às instâncias maiores para reformulação em prol da melhoria dos serviços do sistema único de saúde (SUS). A conferência reúne representantes de vários segmentos sociais, propicia espaço para ampla participação e representação da sociedade e consolida a legitimidade do processo democrático para a construção de políticas de estado sustentadas pela participação popular.

A 11ª conferencia Municipal de Saúde foi coordenada pelo presidente do Conselho Municipal da Saúde, Emílio Fontoura de Carvalho, que considerou o momento rico em diálogos e debates sobre os destinos do SUS.

“Em todo o Brasil está acontecendo essa mesma conferencia de hoje. E na realidade o SUS é o melhor sistema de saúde do mundo, agora precisa da gente complementar às vezes com as políticas. E essa aqui é uma oportunidade rica da sociedade, tanto para o trabalhador do SUS como dos usuários, de estar reivindicando aquilo que é pertinente”, observou.

Fonte / Luciana Macedo (Secom Porto Nacional)

Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

WhatsApp Image 2021-12-06 at 18.51.44
WhatsApp Image 2021-11-20 at 07.01.56
WhatsApp Image 2021-11-19 at 12.16.21
271167716_1371306459985553_2769517668468713410_n
WhatsApp Image 2021-08-06 at 08.36.06
WhatsApp Image 2021-10-29 at 09.23.51

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?