SEMAS e estudantes de Medicina do ITPAC PORTO promovem arraiá no ILPI Tia Angelina - Jornal Porto Midia

Parceria entre a Prefeitura de Porto Nacional, através da Secretaria Municipal da Assistência Social (SEMAS) e  ITPAC Porto/curso de Medicina , promoveu uma tarde especial ao grupo de idosos da Instituição de Longa Permanência para Idosos – ILPI Tia Angelina.

Alegria e descontração marcaram o “Arraiá do Idoso”, que teve como objetivo estimular a autoestima e fortalecer os laços comunitários entre os participantes, resultado de uma culminância de ações realizadas pelos acadêmicos do 2º período de Medicina, no primeiro semestre deste ano. Os mesmos promoveram o desenvolvimento do aprendizado prático e humanizado na comunidade portuense.

O evento contou com a participação da secretária da Semas, Verônica Fontoura e da coordenadora do abrigo Tia Angelina, Luzivan Torres. Os idosos assistidos pela atividade dançaram com muita empolgação. Comidas típicas e um cenário junino deram o tom festivo, além de muito forró pé-de-serra. Verônica Fontoura ressaltou que o evento segue a orientação da gestão municipal de valorizar a cultura e o idoso, pois segundo ela, só o respeito a essas pessoas poderão lhes trazer mais dignidade e qualidade de vida.

Os acadêmicos de Medicina/ITPAC estavam acompanhados da docente Andriele Gasparetto, que leciona a disciplina “Medicina de família e Comunidade I”, e supervisiona a prática no abrigo. A professora destacou que as atividades junto ao ILPI Tia Angelina proporciona aos futuros médicos um olhar crítico sobre contextos sociais distintos, criando vínculo com a medicina humanizada. “Esse estágio contribui muito para formação dos alunos ao desenvolver vínculo interpessoal, além de incentivar a sensibilidade e a observação” – diz a docente.

Acadêmicos

“São acadêmicos do segundo período de Medicina, que estão se confrontando com uma realidade diferente das deles, ao trabalhar a questão de humanização, a questão de comunicação com o idoso, à questão do respeito do idoso e suas histórias. Mas também é um grande aprendizado pra mim como professora. Sempre falo que eu nunca saio daqui, igual como entrei, eu sempre saio com a energia muito renovada. Nosso futuro é esse, a gente quer tratar uma área da saúde mais humanizada, com olhar diferente” – destaca  Andriele Gasparetto.

 A disciplina que supervisiona essa atividade se chama Medicina de Família e Comunidade I. Eles dividem a prática aqui e em outros locais do município. Estão presentes no Hospital Regional, em algumas escolas, fazem praticas no CAPS, no João XXIII, e o objetivo é sempre desenvolver ações de promoção da saúde e prevenção de doenças.     “Para a faculdade, a parceria com a Secretaria Municipal da Assistência Social é extremamente importante, principalmente pelas portas abertas”, refletiu a docente do curso de Medicina do ITPAC, Gasparetto.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte : Luciana Macedo / Secom Prefeitura

Fotos : Dornil Sobrinho

Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

300x250
Paulista
277158474_1419113205204878_6132805285539760849_n
WhatsApp Image 2022-02-24 at 15.13.31
WhatsApp Image 2021-11-19 at 12.16.21

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?