Suspeito de assalto morre em confronto com a PM - Jornal Porto Midia

Um homem morreu após confronto com a Polícia Militar, em Luzimangues, durante o fim de semana. Ele era suspeito do roubo de um veículo em Palmas e teria tentado tomar a arma de um policial ao ser abordado, foi baleado na perna e morreu ao tentar fugir por um matagal.

Outras duas pessoas que estavam com ele conseguiram fugir. A ocorrência foi divulgada no balanço da operação, realizada entre os dias 6 e 10 de setembro.

Ao todo foram registradas 644 ocorrências em todo o estado incluindo ações preventivas e de trânsito.

Ocorrências:

  • 127 ocorrências de trânsito;
  • 1 morte por intervenção policial;
  • 8 veículos furtados/roubados localizados;
  • 3 veículos adulterados, com placas diferentes das originais localizados;
  • 5 armas de fogo apreendidas em Palmas, Araguaína, Porto Nacional e Sandolândia;
  • 1 foragido capturado em Palmas.

Segundo a Polícia Militar, houve redução nos acidentes de trânsito se comparado ao ano passado. Foram 135 em 2017 e 127 em 2018. Também foi registrada uma queda nos crimes contra o patrimônio :165 furtos e roubos em 2017 e 111 em 2018.

Confronto

Na última quarta-feira (5), a Polícia Militar atendeu uma ocorrência de assalto. A vítima foi abordada por um homem e levada para a própria casa. No local, o criminoso roubou um carro, um computador, perfumes e um celular. Após o crime, o suspeito trancou a vítima e fugiu.

Na madrugada de quinta-feira (6), o veículo foi visto na barreira do posto policial. Durante as buscas, o carro foi localizado no km 7 da rodovia TO-348, no distrito de Luzimangues, em Porto Nacional. A PM informou que o veículo foi parado, mas não respeitou a ordem de parada.

Quando os policiais conseguiram alcançar o carro, duas pessoas que estavam no veículo fugiram por um matagal. O motorista foi abordado, mas um dos passageiros que havia fugido atirou contra a equipe, momento que o condutor tentou tomar a arma do policial. Outro PM, atirou contra o suspeito, que foi atingido na perna.Ele ainda tentou fugir pelo matagal, mas foi encontrado caído no chão. O Samu foi acionado e a equipe constatou a morte.

Em nota, a Polícia Militar disse que a atuação neste tipo de ocorrência é “de preservar vidas e aplicar a lei. Que nos casos em que há resistência por parte do suspeito, seguindo os limites preconizados nacional e internacionalmente sobre utilização da força e arma de fogo, não resta outra alternativa senão preservar a integridade física da equipe.”

Informou também que já foram adotadas as providências preliminares e que os fatos serão apurados em Inquérito Policial Militar, em fase de instauração.

O homem que morreu ainda não foi identificado porque não estava com os documentos quando tudo aconteceu.

Fonte: G1 Tocantins

Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

300x250
Paulista
277158474_1419113205204878_6132805285539760849_n
WhatsApp Image 2022-02-24 at 15.13.31
WhatsApp Image 2021-11-19 at 12.16.21

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?