Turismo participa de encontro para discutir criação do Conselho do Mosaico do Jalapão

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), por meio da Superintendência de Desenvolvimento Turístico, participa da primeira reunião para formação do Conselho Consultivo do Mosaico do Jalapão. O evento, iniciado nessa quinta-feira, 13, se estende até este sábado, 15, no Centro de Convenções do Município de Almas.

Realizada pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), a reunião tem o propósito de fortalecer as ações entre as Unidades de Conservação estaduais e federais e tem também a participação de órgãos como o Instituto de Desenvolvimento Rural (Ruraltins), Ministério do Meio Ambiente, Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), KFW, Caixa, Ibama, Agência de Cooperação Alemã/GIZ, entre outros.

Presente no encontro, o superintendente de Desenvolvimento Turístico, James Possapp, pontuou que a reunião está sendo um important

e espaço de discussão acerca dos desafios, das oportunidades e das questões voltadas para a gestão integrada dos territórios que englobam o Mosaico do Jalapão. “Nós da Seden entendemos que este é um avanço muito grande para a gestão socioambiental e que é preciso haver esta gestão integrada para favorecer a efetividade dos trabalhos que ocorrem naquela região, tanto do ponto de vista da gestão ambiental, quanto do desenvolvimento do turismo e do trabalho das comunidades quilombolas que ali estão”, enfatizou.

De acordo com a Semarh, um Mosaico abrange unidades próximas, justas ou sobrepostas, pertencentes a diferentes esferas de governo ou de gestão particular. No caso do Jalapão, três unidades de conservação estão sob a gestão do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), duas do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema), duas do Naturatins, uma do município de São Félix do Tocantins e outra sob gestão privada, que é a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Catedral do Jalapão. Com o Jalapão, o Brasil passa a ter 15 mosaicos reconhecidos oficialmente.

A integração entre as unidades de conservação do mosaico se dá por meio de um conselho consultivo, que tem a participação de representantes do Poder Público, de organizações não governamentais, instituição de ensino e pesquisa e da comunidade, entre outros.

 

Fonte:Patricia Saturno via Secom/TO

Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

WhatsApp Image 2021-12-06 at 18.51.44
WhatsApp Image 2021-11-20 at 07.01.56
WhatsApp Image 2021-11-19 at 12.16.21
271167716_1371306459985553_2769517668468713410_n
WhatsApp Image 2021-08-06 at 08.36.06
WhatsApp Image 2021-10-29 at 09.23.51

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?