Úteros em potes reutilizados são encontrados pela polícia em laboratório que analisava amostras de pacientes do HGP - Jornal Porto Midia

Úteros em potes reutilizados são encontrados pela polícia em laboratório que analisava amostras de pacientes do HGP

A Polícia Civil faz uma operação na manhã desta quarta-feira (11) para combater fraudes de empresas ligadas à Secretaria Estadual de Saúde (SES) do Tocantins. Durante buscas os policiais descobriram um laboratório de análise clínica que funcionava em situação precária e irregular em Palmas. Várias amostras e até úteros armazenados em potes reutilizados foram encontrados na unidade.

A defesa dos investigados disse que a situação está relacionada a questões internas da antiga gerência, incluindo o desvio de verbas e furto de equipamentos, que teriam deixado o laboratório nas condições atuais e que “os esclarecimentos a cerca da incocência serão prestados em juízo”.

A operação que também conta com atuação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Tocantins foi deflagrada para cumprir 15 mandados de busca e apreensão.

O laboratório em situação precária tem contrato com a SES e as investigações apontam que as amostras são de pacientes atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) atendidos no Hospital Geral de Palmas (HGP), maior unidade de saúde pública do Tocantins.

Operação apreendeu amostras humanas em potes de plástico  — Foto: Divulgação/Polícia Civil

                   Operação apreendeu amostras humanas em potes de plástico — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Conforme a polícia, exames eram feitos sem critérios e frascos de urina eram reaproveitados. No local vários potes de manteiga, paçoca, sorvete e achocolatado eram reutilizados. A polícia também investiga a confecção de laudos de exames fraudados.

Segundo as investigações, os suspeitos se passavam por pessoas jurídicas para mascarar origens de bens e recursos para para a abertura de empresas em nomes de “laranjas” e depois de movimentar grande quantidade de dinheiro, abandonava as unidades deixando as dívidas tributárias e trabalhistas.

A decisão que autoriza as buscas e apreensões é da 2ª Vara Criminal de Palmas.

Operação apreendeu amostras humanas em potes de plástico  — Foto: Divulgação/Polícia Civil

                   Operação apreendeu amostras humanas em potes de plástico — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Fonte: G1 Tocantins

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

277158474_1419113205204878_6132805285539760849_n
300x 250
WhatsApp Image 2021-11-19 at 12.16.21
WhatsApp Image 2022-06-01 at 12.46.40
WhatsApp Image 2021-10-29 at 09.23.51

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x