Suspeitos de fraudar concurso da PM estão em presídio do Tocantins

Estão em  Araguaína, norte do Tocantins, os 13 pesos suspeitos de integrar uma quadrilha suspeita de fraudar concursos públicos. Eles foram presos no Maranhão e Piauí, durante operação da Polícia Civil do Tocantins, nesta quinta-feira (21). A suspeita dos investigadores é que o grupo fraudou a prova da Polícia Militar do Tocantins.

Conforme a polícia, os suspeitos chegaram por volta das 3h da manhã desta sexta-feira (22). Todos foram presos temporariamente em cumprimento a mandados da Justiça do Tocantins. Os suspeitos foram levados para a Casa de Prisão Provisória de Araguaína.

Mais informações sobre as investigações serão divulgadas durante a tarde pela Polícia Civil.

Ao todo, 13 pessoas foram presas nesta quinta-feira. A maioria das prisões foi no Maranhão. Houve três prisões em Teresina (PI). Um dos presos no Piauí foi Antônio Ferreira Lima Sobrinho, suposto líder da quadrilha.

Antônio Concurseiro, como é conhecido o suspeito, havia sido preso no Maranhão por outras fraudes. Ele foi aprovado em mais de 30 concursos e seria a pessoa que faz as provas para repassar gabaritos a outros candidatos.

A polícia cumpriu ainda mandados de busca e apreensão nos três estados.

Fonte : G1 TOCANTINS

Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

WhatsApp Image 2021-12-06 at 18.51.44
WhatsApp Image 2021-11-20 at 07.01.56
WhatsApp Image 2021-11-19 at 12.16.21
271167716_1371306459985553_2769517668468713410_n
WhatsApp Image 2021-08-06 at 08.36.06
WhatsApp Image 2021-10-29 at 09.23.51

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?